Angola

RDC: Confrontos entre soldados e milicianos deixam 17 mortos em Ituri

Angola Press - 2 ore 6 min fa
Ituri - Dezassete pessoas morreram neste fim-de-semana em confrontos entre o exército congolês e milicianos em Ituri, no nordeste da República Democrática do Congo (RDC), anunciou o Exército congolês. ,

No território de Mahagi, o “exército congolês "neutralizou" oito milicianos e perdeu dois soldados durante as ofensivas realizadas em Katanga, Djogo e Tchoro, indicou o tenente Jules Ngongo, porta-voz do Exército em Ituri.

Os atacantes estavam "vaguear" pela zona, disse o porta-voz militar.

Trata-se de milicianos da Cooperativa para o Desenvolvimento do Congo (Codeco), uma milícia acusada de realizar uma série de ataques às aldeias, desde 2017, matando civis, principalmente da comunidade Hema (pastores).

Estes milicianos mataram sete pessoas e queimaram várias casas no sábado, na aldeia Ngopka, na zona de Bahema-Norte no território de Djugu, disse Charité Banza, presidente da sociedade civil local.

No início de 2020, a ONU afirmou que 702 pessoas morreram nas violências que abalaram a província de Ituri desde Dezembro de 2017 e estimou que "poderiam apresentar elementos constitutivos de crimes contra a humanidade", ou seja, "crime de genocídio".

Estes civis parecem ter sido alvejados por pertencerem à comunidade Hema (pelo menos 402 membros desta comunidade foram mortos entre Dezembro de 2017 e Setembro de 2019), sublinha o relatório da ONU.

Uma das principais questões do conflito de Ituri é o controlo da terra pelos Lendu, que são maioritariamente agricultores, segundo a ONU.

As violências causaram a deslocação de "perto de 57 mil pessoas" para o Uganda e "556 mil e 356 outras deslocaram-se para territórios vizinhos e perto da cidade de Bunia desde Fevereiro de 2018", acrescenta a ONU.

,
Categorie: Angola

Comorianos chamados às urnas para eleger deputados

Angola Press - 2 ore 22 min fa
Moroni - Os eleitores das Comores foram chamados às urnas neste domingo para escolher os 25 deputados que os representarão na Assembleia Federal Legislativa.,

As assembleias de voto estavam previstas para abrir às 7h00 (hora local/04:00 GMT), mas foram observados atrasos na capital Moroni e em outras cidades.

A imprensa local noticiou problemas ao nível dos agentes eleitorais, alguns dos quais não conseguiram obter os seus passes e que tiveram de substituídos.

"Os comorianos não votam" titulou, por exemplo, o jornal local online "Masiwa", citando a baixa participação nas primeiras horas do dia.

A oposição boicotou amplamente este escrutínio, criticando um processo que na sua óptica não foi "transparente, livre e democrático".

De facto, segundo informações divulgadas pela imprensa local, como o "Comores-info", nenhum partido da oposição apresentou um candidato.

Os únicos candidatos inscritos são da maioria do presidente Azali Assoumani e disputam-se às vezes uns aos outros.

Para observar esta eleição, a União Africana destacou 40 observadores, que ainda não apresentaram as suas primeiras apreciações.

Segundo a Constituição comoriana, as eleições legislativas devem desenrolar-se a duas voltas.

A segunda volta está prevista para 23 de Fevereiro.

,
Categorie: Angola

Girabola: Técnico João Pintar destaca sacrifícios no empate

Angola Press - 2 ore 50 min fa
Cuito - O treinador principal do Ferrovia do Huambo, João Pintar, destacou no domingo que o empate diante do Cuando Cubango FC, (1-1), na cidade do Cuito, foi fruto de "enorme sacrifício", dada a grandiosidade das duas formações. ,

Em declarações à imprensa, após o jogo que marcou a primeira jornada da segunda volta do Girabola Zap2019/20, disputado no Estádio dos Eucaliptos, o treinador apontou a dedicação e o trabalho em grupo que resultaram no empate.

“Conseguimos conquistar um ponto muito precioso na casa alheia e no fim do campeonato pode nos valer muito mais, tendo em conta a luta pela permanência da nossa equipa”, disse.

João Pintar realçou ter sido um empate de felicidade para o seu colectivo e infelicidade para a formação adversária, visto que os donos da casa jogaram para vencer a partida.

Com este resultado, o Ferrovia do Huambo soma 12 pontos e na próxima jornada 17ª recebe a formação do Interclub, na cidade do Huambo.

,
Categorie: Angola

Países estrangeiros renunciam a qualquer interferência no conflito líbio

Angola Press - 3 ore 14 min fa
Berlim - O secretário-geral da ONU, António Guterres, anunciou hoje que as potências estrangeiras se comprometeram a renunciar a uma interferência no conflito líbio, após uma conferência internacional realizada em Berlim.,

"Todos os participantes se comprometeram a renunciar a interferências no conflito armado ou em questões internas da Líbia", indicou Guterres, apesar de a Turquia apoiar militarmente o governo de Fayez al-Sarraj, em Tripoli, e de a Rússia, apesar de negar, ser suspeita de apoiar o marechal Khalifa Haftar, líder do Exército Nacional Líbio (ENL) e homem forte do leste do país.

,
Categorie: Angola

Acordo sobre embargo de armas e apelo a cessar-fogo permanente na Líbia

Angola Press - 3 ore 21 min fa
Berlim - Os dirigentes dos países que participaram hoje na conferência sobre a Líbia comprometeram-se a respeitar o embargo de armas decidido em 2011 pelas Nações Unidas e a renunciar a qualquer interferência estrangeira no conflito líbio.,

Numa conferência realizada sob a égide da ONU em Berlim, 11 países, incluindo a Rússia e a Turquia, concordaram que não há "uma solução militar" para este conflito, que atinge o país há 10 anos, declarou a chanceler alemã, Angela Merkel, no final.

Os participantes apelaram também a um cessar-fogo permanente, segundo o comunicado final.

Para assegurar que há um respeito efectivo e duradouro pelo fim das hostilidades, vão ser organizados em breve encontros entre representantes militares líbios dos dois campos. Um convite será feito nos próximos dias, afirmou o secretário-geral da ONU, António Guterres.

Para a consolidação do cessar-fogo, o emissário da ONU apelou às duas partes rivais para formarem uma "comissão militar" composta por dez oficiais, cinco de cada lado.

Esta comissão terá por missão definir no terreno os mecanismos de aplicação do cessar-fogo.

Os participantes também chegaram a acordo para "respeitar" o embargo de armas e quanto a um controlo mais rigoroso do mesmo, disse Merkel, numa conferência de imprensa conjunta com Guterres e com o emissário da ONU na Líbia, Ghassan Salamé.

O embargo foi decretado em 2011 pela ONU, mas nunca foi seriamente respeitado.

"Temos assistido a uma escalada no conflito, tendo este atingido nos últimos dias uma dimensão perigosa", declarou Guterres, que apontou "o risco de uma verdadeira escalada regional".

"Todos os participantes se comprometeram a renunciar a interferências no conflito armado ou em questões internas da Líbia", indicou Guterres.

A Turquia apoia militarmente o governo de Fayez al-Sarraj, em Tripoli, e a Rússia, apesar de negar, é suspeita de apoiar o marechal Khalifa Haftar, líder do Exército Nacional Líbio e homem forte do leste do país.

Desde que os combates recomeçaram entre os dois lados rivais, em Abril de 2019, mais de 280 civis e 2.000 combatentes foram mortos e, segundo a ONU, mais de 170 mil habitantes tiveram de ser deslocados.

,
Categorie: Angola

Boris quer tornar Reino Unido parceiro favorito dos países africanos

Angola Press - 3 ore 26 min fa
Londres - O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, quer tornar o Reino Unido o "parceiro de investimento favorito" dos países africanos, mensagem que vai transmitir aos 16 líderes presentes numa cimeira hoje em Londres.,

Num discurso de abertura, o chefe do Governo britânico vai promover o conhecimento e experiência em tecnologia limpas, infra-estruturas e serviços financeiros para ajudar o continente a crescer economicamente de forma sustentável em termos ambientais.

Nesse sentido, vai anunciar o fim do apoio do Reino Unido à exploração de carvão térmico ou de centrais de energia a carvão em países em desenvolvimento, e defender a transição para energias renováveis, refere uma nota do gabinete de Boris Johnson.

Na primeira edição da Cimeira de Investimento África- Reino Unido vão estar representados 21 dos 54 países africanos, incluindo os presidentes da Côte d’Ivoire, República Democrática do Congo, Egipto, Ghana, Guiné Conakry, Marrocos, Nigéria, Quénia, Malawi, Mauritânia, Ilhas Maurícias, Rwanda, Senegal, Serra Leoa e Uganda.

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, vai intervir no painel "Oportunidades de Crescimento em África" e presidir a uma mesa-redonda sobre Moçambique, além de ter previstos encontros bilaterais à margem da cimeira, nomeadamente o príncipe Harry, a secretária de Estado das Forças Armadas, Anne-Marie Trevelyan, o ministro para o Desenvolvimento Internacional, Alok Sharma, e o primeiro-ministro das Ilhas Maurícias, Pravind Kumar Jugnauth.

Na cimeira vão também participar o presidente da União Africana, Moussa Faki, dirigentes de empresas como Standard Bank, Vodafone, BP, G4S ou Associated British Foods, além de outros membros do Governo britânico, como a ministra do Comércio, Elizabeth Truss, e a ministra da Economia, Andrea Leadsom.

O Governo britânico quer fazer do Reino Unido o maior investidor estrangeiro em África até 2022 entre os membros do G7, que inclui também Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos da América.

Mais de 2.000 empresas britânicas operam actualmente em África, cujo investimento é estimado em 36 mil milhões de libras (42 mil milhões de euros).

Porém, segundo a consultora Capital Economics, isto implicaria inverter a tendência de recuo do investimento directo no continente, que caiu 23% entre 2013 e 2017, colocando o Reino Unido abaixo dos EUA, além da China e da União Europeia a 27.

A cimeira em Londres, que se vai realizar num hotel da capital britânica, vai culminar com uma recepção no Palácio de Buckingham, que o príncipe William e a mulher, Catherine, vão oferecer em nome da Rainha Isabel II.

,
Categorie: Angola

Girabola: Empate teve sabor a derrota - técnico do Cuando Cubango FC

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:59
Cuito - O técnico principal do Cuando Cubango FC, Albano César, considerou hoje que empate entre o Cuando Cubango FC e o Ferrovia do Huambo (1-1), no Estádio dos Eucaliptos (Bié),foi um resultado com sabor a derrota. ,

Em declarações à imprensa após o jogo, o técnico disse que a sua equipa entrou mal na partida, mas depois equilibrou o jogo e conseguiu criar várias oportunidade de golos.

“Não conseguimos aproveitar bem algumas oportunidades de golos que tivemos e o Ferrovia do Huambo foi consolidando a sua estratégia de queima de tempo, fechando-se bem”, realçou.

Albano César ressaltou ainda que o resultado foi “injusto”, porque a sua equipa quase foi superior durante toda a segunda parte do jogo, pelo que  merecia ganhar a partida sobretudo pelas suas investidas ofensivas.

Prometeu trabalhar para melhorar o desempenho do sector ofensivo, para que a sua equipa não venha cometer mais erros e conquistar pontos para consolidar a manutenção no campeonato.

Entretanto, a formação do Cuando Cubango FC soma 15 pontos, pelo facto de da FAF (Federação Angolana de Futebol) se lhe retirar três pontos na sequência da desqualificação do 1º de Maio de Benguela.

Na próxima jornada desloca-se a província do Uige, onde vai defrontar o Santa Rita.

,
Categorie: Angola

Girabola: Falha defensiva esteve na base da goleada - Paulo Dias

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:53
Luanda - O técnico adjunto do Progresso do Sambizanga, Paulo Dias, afirmou hoje que as falhas defensivas estiveram na base da goleada que a sua equipa consentiu diante do 1º de Agosto, por 4-0, em partida da 16º jornada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Giarabola2019/20).,

Falando à imprensa no final da partida disputada no Estádio 11 de Novembro, o treinador disse que os seus jogadores lutaram muito para evitar a goleada, mas os jogadores não souberam aproveitar as oportunidades que tiveram.

Paulo Dias admitiu que faltou alguma concentração, daí que o adversário "aproveitou e jogou a seu belo prazer e dominou partida".

Deu a conhecer que o clube vai continuar a trabalhar para na próxima jornada não voltar a cometer os mesmos erros.

Na próxima jornada o Progresso do Sambizanga, que está na 14º posição com 11 pontos, vai defrontar o Petro de Luanda.

,
Categorie: Angola

Polícia marroquina impede salto massivo de 400 migrantes em Ceuta

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:44
Rabat - A polícia marroquina impediu hoje a passagem de 400 migrantes subsaarianos para a cidade espanhola fronteiriça de Ceuta, num incidente que fez 24 feridos, segundo as autoridades locais citadas pela agência de notícias MAP.,

A tentativa de salto em massa aconteceu na parte oeste da cerca que separa Ceuta da cidade marroquina de Beliunech e deixou 24 pessoas feridas entre migrantes e forças de segurança, transportados depois para os hospitais mais próximos do lado da fronteira marroquina.

Várias pessoas foram detidas para esclarecer o sucedido, adianta a agência EFE, que acrescenta que o comunicado dá a entender que nenhum migrante conseguiu passar para o lado de Ceuta.

Este é o primeiro incidente do género registado em 2020 e acontece depois de Espanha ter retirado os rolos de arame farpado no lado espanhol da cerca, ainda que Marrocos tenha reforçado a estrutura com mais arame farpado.

Em 2019 a chegada de migrantes a Espanha baixou 59% face a 2018, uma tendência acompanhada também na fronteira em Ceuta, onde as tentativas de saltar a cerca baixaram 31,2% no mesmo período.

Dados do ministério do Interior espanhol indicam que houve 1.361 incidentes destes registados em 2019 em Ceuta.

,
Categorie: Angola

Mortos em ataque a militares no Iémen sobe para 83

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:41
Sanaa - O número de soldados mortos no ataque atribuído aos rebeldes houthis, ocorrido no sábado, num acampamento militar no Iémen subiu para 83, revelaram hoje fontes médicas e militares.,

O ataque ocorreu na mesquita de um acampamento militar na província de Marib, a leste de Sanaa, no Iémen, e é considerado um dos mais mortíferos contra soldados pro-governamentais.

As vítimas do ataque foram transportadas para o hospital de Marib, com o balanço oficial a ser revisto, com 83 militares mortos e 148 feridos.

Um primeiro balanço indicava 70 mortos e 50 feridos.

O presidente Abd Rabbo Mansour Hadi acusou os houthis de serem responsáveis pelo ataque, que descreveu como "cobarde e terrorista", segundo a agência oficial do Iémen, Saba.

O Governo do presidente Hadi, reconhecido pela comunidade internacional e apoiado por uma coligação militar liderada pela Arábia Saudita, está em guerra com os rebeldes desde 2014, quando capturaram a capital Sanaa e grande parte do norte do Iémen.

O ataque atingiu um campo militar na província de Marib, localizado a 170 quilómetros a leste da capital, segundo uma fonte militar.

A mesquita foi atingida por um míssil e depois por um drone, acrescentou a mesma fonte.

Cerca de 3,3 milhões de pessoas ainda estão deslocadas e 24,1 milhões, mais de dois terços da população, precisam de assistência, de acordo com a ONU, que descreve o conflito no Iémen como a pior crise humanitária actualmente no mundo.

,
Categorie: Angola

UE avisa Ancara sobre prospecções ilegais no Mediterrâneo

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:36
Bruxelas - A União Europeia (UE) advertiu a Turquia contra a prospecção ilegal de hidrocarbonetos no Mediterrâneo oriental, especialmente nas águas de Chipre, enquanto Ancara anunciou a chegada de um navio de perfuração ao sul da ilha.,

"Todos os membros da comunidade internacional devem abster-se de qualquer acção susceptível de atentar contra a estabilidade e segurança regionais", lembrou o porta-voz do chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, num comunicado divulgado no sábado.

"A intenção da Turquia de lançar novas actividades de exploração e prospecção em toda a região vai, infelizmente, no sentido oposto", lamentou.

O ministério dos Negócios Estrangeiros turco anunciou hoje que um navio, o Yavuz, chegou ao sul da ilha para actividades de prospecção.

"Os cipriotas turcos têm direitos neste campo, tanto como os cipriotas gregos. Os dois lados vão partilhar as receitas se for descoberto petróleo ou gás natural", segundo a declaração divulgada.

Por seu lado, Chipre acusou hoje Ancara de se transformar "num Estado pirata no Mediterrâneo oriental", de acordo com um comunicado da Presidência.

A "Turquia persiste em seguir a via da ilegalidade internacional", segundo o texto.

A UE tomou medidas para adoptar sanções contra "pessoas ou entidades responsáveis ou envolvidas em prospecção não autorizada de hidrocarbonetos no Mediterrâneo oriental".

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que participa na conferência de Berlim sobre o processo de paz na Líbia, rejeitou "ultimatos" da UE e reafirmou que a Turquia acolhe cerca de quatro milhões de refugiados, na maioria sírios, e pode deixá-los sair para a Europa.

,
Categorie: Angola

Venezuela: Juan Guaidó viaja para a Colômbia para se reunir com Mike Pompeo

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:34
Caracas - O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, deslocou-se à Colômbia para participar juntamente com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, numa reunião sobre o combate ao terrorismo, numa nova demonstração de apoio da administração Trump.,

O encontro entre Guaidó e Pompeo, na segunda-feira em Bogotá, deverá ainda ter a participação de ministros das Relações Exteriores de vários países da América Latina para discutir formas de cortar o financiamento e as actividades de grupos regionais e globais designados de organizações terroristas, como o Hezbollah apoiado pelo Irão.

Também há pressão dos conservadores para incluir Cuba e o Governo Maduro na lista de patrocinadores de terrorismo pelo seu alegado apoio aos grupos de guerrilha colombiana de esquerda.

Não se sabe como Guaidó saiu da Venezuela, mas esta é a segunda vez que desafia uma proibição de viajar imposta pelo supremo Tribunal do país.

Qualquer viagem para o exterior implica enormes riscos e, embora o itinerário de Guaidó na Europa seja desconhecido, prevê-se que esteja no continente europeu ao mesmo tempo que o presidente do Estados Unidos Donald Trump que se deslocará a Davos (Suíça), na terça e quarta-feira, para participar no Fórum Económico Mundial, podendo ambos encontrarem-se à margem do evento.

A sua visita à Colômbia ocorre dias depois de grupos de civis armados terem impedido a entrada de deputados da oposição venezuelana na Assembleia Nacional (parlamento), onde o autoproclamado presidente interino da Venezuela tinha convocado uma sessão plenária.

,
Categorie: Angola

Venezuela: Juan Gaidó viaja para a Colômbia para se reunir com Mike Pompeo

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:34
Caracas - O autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, deslocou-se à Colômbia para participar juntamente com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, numa reunião sobre o combate ao terrorismo, numa nova demonstração de apoio da administração Trump.,

O encontro entre Gaidó e Pompeo, na segunda-feira em Bogotá, deverá ainda ter a participação de ministros das Relações Exteriores de vários países da América Latina para discutir formas de cortar o financiamento e as actividades de grupos regionais e globais designados de organizações terroristas, como o Hezbollah apoiado pelo Irão.

Também há pressão dos conservadores para incluir Cuba e o Governo Maduro na lista de patrocinadores de terrorismo pelo seu alegado apoio aos grupos de guerrilha colombiana de esquerda.

Não se sabe como Guaidó saiu da Venezuela, mas esta é a segunda vez que desafia uma proibição de viajar imposta pelo supremo Tribunal do país.

Qualquer viagem para o exterior implica enormes riscos e, embora o itinerário de Guaidó na Europa seja desconhecido, prevê-se que esteja no continente europeu ao mesmo tempo que o presidente do Estados Unidos Donald Trump que se deslocará a Davos (Suíça), na terça e quarta-feira, para participar no Fórum Económico Mundial, podendo ambos encontrarem-se à margem do evento.

A sua visita à Colômbia ocorre dias depois de grupos de civis armados terem impedido a entrada de deputados da oposição venezuelana na Assembleia Nacional (parlamento), onde o autoproclamado presidente interino da Venezuela tinha convocado uma sessão plenária.

,
Categorie: Angola

Reposto serviço de Voz Internacional do cabo submarino SAT - 3

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:29
Luanda - A Angola Telecom anunciou hoje que foi reposto o serviço de Voz Internacional, mantendo-se o esforço para a recuperação total do serviço de Internet, cuja interrupção se verificou nas primeiras horas do dia 16 de Janeiro.,

A firma angolana de telecomunicações e o consórcio de empresas parceiras prosseguem a sua actividade para a recuperação total de todos os serviços que trafegam no cabo submarino SAT - 3, que registou uma avaria na rota entre Libreville (Gabão) e Cacuaco (Angola), afectando igualmente outros países africanos.

A Angola Telecom renova o apelo à melhor compreensão de todos os seus clientes pelos transtornos causados e actualizará a informação oportunamente.  

,
Categorie: Angola

Sismo forte no oeste da China sem registo de feridos nem danos

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 23:00
Pequim- Um sismo de forte intensidade assolou hoje a região de Xinjiang, oeste da China, adiantou a agência sismológica governamental chinesa, que reportou uma magnitude de 6.4, superior aos 6.0 registados pela agência norte-americana, adiantou a AP.,

Segundo a agência de notícias norte-americana, não há relatos de feridos ou de danos até ao momento.

O centro chinês para sismos registou um tremor de terra de magnitude 6.4 naquela região pelas 21h21 locais, a uma profundidade de 16 quilómetros e com epicentro a 56 quilómetros da região de Peyzawat.

O sismo foi sentido nas cidades de Kashgar e Artux, adiantou a agência.

Já o centro geológico dos Estados Unidos reportou um sismo de magnitude 6.0 a uma profundidade de 11 quilómetros.

A explicação para a discrepância dos registos não é clara, adiantou a AP.

Os sismos são frequentes em Xinjiang, na Ásia central.

,
Categorie: Angola

Girabola: Regresso à liderança é importante para objectivo da equipa - Ivo Traça

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 22:53
Luanda - O regresso à liderança do campeonato nacional de futebol da primeira divisão (Giarabola2019/20), com 37 pontos, é muito importante para os objectivo do 1º de Agosto que ambiciona a conquista do título, afirmou hoje o técnico adjunto da equipa, Ivo Traça.,

Em declarações à imprensa no final da partida, o treinador disse que fizeram um excelente jogo, apesar das dificuldades que o adversário criou durante os 90 minutos.

Ivo Traça frisou que agora equipa vai concentrar-se para o desafio da Liga dos Clubes Campeões de África, no dia 24 deste mês, frente ao Zesco United da Zâmbia.

,
Categorie: Angola

Lunda Norte: Bairro Kamaquenzo vai ganhar posto de saúde e esquadra policial

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 22:39
Dundo - O Administrador municipal do Chitato, Gastão Cahata, prometeu hoje que será construído este ano um posto de saúde e uma esquadra policial para permitir maior segurança e serviços de saúde mais próximos da população do bairro Kamaquenzo, vulgo Aeroporto, no âmbito do programa local de combate a pobreza. ,

A margem do encontro de auscultação entre o governador local e a população do bairro Kamaquenzo, o dirigente realçou que a construção destas infra-estruturas, cujo início está previsto para o primeiro semestre, vão custar mais de 100 milhões de kwanzas.

Será igualmente reabilitada uma escola de 16 salas de aulas no mesmo bairro para permitir a inserção de mais alunos no sistema de ensino e melhorar as condições de trabalho dos docentes.

Sobre a via de acesso ao bairro que se encontra degradada, Gastão Cahata disse que a sua recuperação está inserida no programa de reabilitação das estradas da província.

,
Categorie: Angola

Girabola: 1º de Agosto goleia Progresso do Sambizanga

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 22:29
Luanda - O clube 1º de Agosto goleou hoje (domingo) o Progresso do Sambizanga, por 4-0, em jogo da 16ª jornada (primeira da segunda volta) do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2019/20).,

Na partida disputada no Estádio 11 de Novembro, o central da Republica Democrática do Congo ao serviço da formação militar, Bobo Abreu, marcou o golo inaugural, aos 13 minutos, aproveitando uma distração da defesa adversária.

A formação do bairro do Sambizanga não cruzou os braços e foi atrás do prejuízo, mas a consistência ofensiva dos “rubros negros”, levou a que Mabululu fizesse o segundo golo, aos 22 minutos, num cruzamento de Bobo.

Aos 39 minutos, os sambilas beneficiaram de uma grande penalidade após Ibukun ter travado a bola com as mãos na grande área.

Nesta oportunidade, Chiló foi chamado a executar o penalti chutando a bola muito acima do travessão, perdendo a oportunidade de reduzir a desvantagem.

Os militares responderam o castigo, aos 41 minutos com um remate de Ary Papel que fez o 3-0, levando este resultado ao intervalo.

No reatamento pouco se viu do esforço da equipa do sambila e, aos 69 minutos, Natael isolou-se na entrada da grande área, passou para Leonel e este fez o quarto tento, que pôs o 1º de Agosto a reassumir a liderança com 37 pontos.

Na próxima jornada, o 1º de Agosto defronta o Desportivo da Huíla e o Progresso do Sambizanga 14º posto, com 11 pontos defronta o Petro de Luanda.

,
Categorie: Angola

“Fuga” em mala diplomática

Folha 8 - Dom, 19/01/2020 - 22:26
Um consórcio de jornalismo de investigação revelou este domingo mais de 715 mil ficheiros, sob o nome de “Luanda Leaks”, que detalham alegados esquemas financeiros de Isabel dos Santos e do marido, Sindika Dokolo, e que estarão na origem da fortuna da família.

Foi, dizem, a partir de uma fuga de informação. “Fuga de informação” é uma forma simplista de falar de um vasto dossier que, segundo revelou ao Folha 8 uma fonte que trabalhou para os dois poderes em Angola (Eduardo dos Santos e João Lourenço), “há cerca de um ano seguiu de Luanda para Lisboa na mala diplomática de um ministro português com a recomendação de que fosse entregue ao Expresso/SIC”.

Dossier elaborado, segundo outras fontes, por especialistas do núcleo duro do MPLA/João Lourenço, “tendo o general Hélder Fernando Pitta Gróz, Procurador-Geral da República, desempenhado apenas um papel de figurante, de vendedor da cobertura jurídica em muitos documentos – muitos empolados, outros verdadeiros e outros forjados – que esse núcleo lhe diz para assinar, rubricar, dar cobertura”.

O Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação (ICIJ), que integra vários órgãos de comunicação social, entre os quais os portugueses Expresso e a SIC, analisou, ao longo de vários meses, 356 gigabytes de dados relativos aos negócios de Isabel dos Santos, que ajudam a reconstruir (de acordo com o que os documentos aconselham) o caminho que levou a filha do ex-presidente angolano a tornar-se a mulher mais rica de África.

Durante a investigação foram identificadas mais de 400 empresas (e respectivas subsidiárias) a que Isabel dos Santos esteve ligada – segundo os documentos convenientemente divulgados por essa oportuna “fuga” – nas últimas três décadas, incluindo 155 sociedades portuguesas e 99 angolanas.

As informações reveladas pela “fuga” (muitas carecendo de contraditório) detalham, por exemplo, um alegado esquema de ocultação supostamente montado por Isabel dos Santos na petrolífera estatal do MPLA Sonangol, que terá permitido desviar mais de 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) para o Dubai.

Revelam ainda que, em menos de 24 horas, aproveitando o facto de as autoridades portuguesas estarem num merecido e prolongado sono, a conta da Sonangol no Eurobic Lisboa, banco de que Isabel dos Santos é a principal accionista, terá sido esvaziada e ficado com saldo negativo no dia seguinte à demissão da empresária.

Os dados divulgados indicam quatro portugueses alegadamente envolvidos directamente nos esquemas financeiros: Paula Oliveira (administradora não-executiva da Nos e directora de uma empresa offshore no Dubai), Mário Leite da Silva (CEO da Fidequity, empresa com sede em Lisboa detida por Isabel dos Santos e o seu marido), o advogado Jorge Brito Pereira e Sarju Raikundalia (administrador financeiro da Sonangol).

A empresária Isabel dos Santos, a principal visada nos esquemas financeiros revelados no “Luanda Leaks”, afirmou que a investigação é baseada em “documentos e informações falsas”, num “ataque político” coordenado com o Governo angolano.

“As notícias do ICIJ [Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação] baseiam-se em muitos documentos falsos e falsa informação, é um ataque político coordenado em coordenação com o `Governo Angolano` (sic). 715 mil documentos lidos? Quem acredita nisso?”, reagiu a empresária, em inglês, através da sua conta do Twitter.

Na verdade, tanto quanto o Folha 8 conseguiu apurar, os jornalistas e auxiliares não tiveram necessidade de ler esses milhares de documentos. No caso do Expresso/SIC, o dossier (o tal que terá “viajado” em mala diplomática) “traria já uma síntese, comentada e anotada, com o que a Portugal mais interessaria divulgar”.

A filha do ex-Presidente José Eduardo dos Santos ataca também os media portugueses SIC e o Expresso, que integram o consórcio de jornalistas que revelou hoje mais de 715 mil ficheiros que detalham esquemas financeiros de Isabel dos Santos e do marido, Sindika Dokolo.

Na conta do Twitter, onde escreveu vários “tweets”, afirma que a sua “fortuna” nasceu com o seu “carácter, inteligência, educação, capacidade de trabalho e perseverança” e acusa a SIC e o Expresso de “racismo” e “preconceito”, “fazendo recordar a era das “colónias” em que nenhum africano pode valer o mesmo que um “europeu”.

«Os `leaks` são autênticos? Quem sabe? Ninguém… estranho mesmo é ver a PGR [Procuradoria-Geral da República] de Angola a dar entrevistas à SIC-Expresso. Procurador-Geral de Angola a dar entrevistas… a canais portugueses!”, escreveu a empresária, numa dessas mensagens.

Consórcio ICIJ recebeu fuga de informação das “autoridades angolanas “??!! Interessante ver o estado angolano a fazer leaks jornalistas e para SIC-Expresso e depois vir dizer que isto não é um ataque político?»

Num outro “tweet”, escreve que “o povo de Portugal é amigo do povo de Angola e não podemos deixar que `alguns` interesses isolados `agitem` a amizade e respeito que conseguimos conquistar e construir juntos”.

Folha 8 com Lusa

The post “Fuga” em mala diplomática appeared first on Folha 8 Jornal Angolano Independente | Notícias de Angola.

Categorie: Angola

Cerca de sete mil pessoas em fuga no Níger após ataque jihadista

Angola Press - Dom, 19/01/2020 - 21:58
Niamey - Perto de sete mil pessoas, incluindo mil refugiados, fugiram da insegurança e da violência, após o recente ataque à cidade de Chinégodar, a cerca de 20 quilómetros da fronteira com o Mali, anunciou a ONU em comunicado.,

"Os testemunhos recolhidos mencionam populações civis que temem pela vida, após um ultimato de grupos armados", referiu o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

"Elas são alvos de ataques, de raptos, de assassínios, enquanto estes grupos se apropriam dos seus bens", acrescentou.

Segundo o texto, "na fuga, refugiados e deslocados levam apenas o que usam, abandonando casas e bens".

Desde 2018, a ONU indica que a insegurança persistente tem sido um obstáculo à prestação de assistência de urgência a dezenas de milhares de deslocados na região de Tillabéri, onde se encontram muitos dos que fugiram de ataques 'jihadistas'.

O ataque de Chinégodar, reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico, provocou a morte de 89 soldados, sendo um dos piores da história do país. Em 2015, uma ofensiva do Boko Haram na ilha de Karamga deixou 46 soldados e 28 civis mortos e 32 desaparecidos.

O presidente do Níger, Mahamadou Issoufou, afastou dois altos responsáveis militares depois dos ataques.

Segundo a ONU, os ataques jihadistas no Mali, no Níger e no Burkina Faso fizeram quatro mil mortos em 2019.

,
Categorie: Angola